Como chegar aqui:

PET-Saúde


Como funciona

As principais atividades desenvolvidas são: tutoria, preceptoria e monitoria estudantil.

Tutoria

 A tutoria é de responsabilidade dos coordenadores do projeto, os quais têm como funções principais:

  • gerenciar as atividades do PET, objetivos, metas e indicadores;
  • organizar, conduzir e mediar os encontros entre todos os participantes do projeto;
  • comunicação direta com o Ministério da Saúde para assuntos referentes as bolsas, visitas dos assessores do ministério e andamento do projeto e supervisão docente-assistencial;
  • orientar grupos de estudo facilitando a disseminação de conhecimento na área;
  • contribuir para a formação de profissionais de saúde com perfil adequado às necessidades e às políticas de saúde do País.
Preceptoria 

A preceptoria é orientada pelos profissionais de saúde da rede pública do município de Florianópolis, composto por 12 profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf): uma fonoaudióloga, duas profissionais de educação física, seis fisioterapeutas, uma assistente social, uma psicóloga e uma enfermeira.

O papel dos preceptores é:

  • participar da elaboração e organização dos objetivos, metas e indicadores do PET;
  • protagonizar as atividades do PET;
  • receber, orientar e supervisionar os alunos nos cenários de prática (centros de saúde, policlínicas, centros de reabilitação e Secretaria de Saúde);
  • orientar os alunos facilitando a disseminação de conhecimento na área de estudo;
  • contribuir para a formação de profissionais de saúde com perfil adequado às necessidades e às políticas de saúde do País.
Monitoria estudantil

A monitoria estudantil é protagonizada pelos alunos de graduação participantes do projeto, um total de 24 estudantes dos cursos de Educação Física (Bacharelado e Licenciatura) e Fisioterapia. Eles têm como responsabilidade:

  • participar da elaboração e organização das atividades, objetivos, indicadores e metas do PET;
  • auxiliar na confecção de projetos, atividades, instrumentos de coleta de dados;
  • cumprir com as atividades propostas no projeto auxiliando na solução de problemas;
  • participar das reuniões;
  • participar no desenvolvimento de vivências em serviço e atividades de pesquisa e extensão, sob orientação do tutor e do preceptor, visando à produção e à disseminação de conhecimento relevante na área da saúde e às atividades de iniciação ao trabalho.
 
Centro de Ciências da Saúde e do Esporte - CEFID / Rua Pascoal Simone, 358 - Coqueiros - Florianópolis - SC
CEP: 88080-350 - Fone:(48) 3664-8600
© 2010-2012 SETIC - UDESC